Principais pontos de interesse em Salvador

Joya de Caren é um local arqueológico pré-hispânico onde se encontram os vestígios da comunidade pré-hispânica, enterrados por uma erupção vulcânica no ano 600 a.C. A Igreja e Convento de São Francisco é uma igreja magnífica construída em 1723 que tem um candelabro de prata com 80 kg; as paredes são de madeira esculpida e revestida a ouro.

Porto de Barra é uma das praias mais populares em Salvador, o primeiro lugar onde os europeus se instalaram quando chegaram no Brasil. A praia está sempre lotada e muito animada. O Farol de Barra é um lugar conhecido pelo seu farol e pela sua praia rochosa. Surfar, ir na praia com a família ou nadar nas piscinas de pedra são algumas das atividades para fazer nesta praia.

A Lagoa do Abaeté, uma lagoa escura cercada por areia branca, foi usada no passado para lavar roupa.

O Farol da Barra é um monumento da época colonial construído em 1534; foi usado como forte pelos portugueses para proteger a cidade. O farol tem um museu com achados náuticos e artefatos recuperados em naufrágios. O pátio de pedra do século XVIII do Solar do Unhão tem uma galeria de arte moderna e um jardim com esculturas e é o melhor lugar para ver o pôr do sol.

A Praça Tomé de Souza é uma praça ampla com uma fonte, capoeiristas e uma igreja. O Palácio Rio Branco, construído no século XVI, está situado nesta praça e é um dos palácios mais antigos do Brasil. A praça tem vista para a baía. Nosso Senhor do Bonfim é uma igreja construída por marinheiros portugueses para lembrar a tripulação que foi salva durante um naufrágio. O capitão do navio sacrificou a sua vida para salvar os tripulantes e está enterrado em frente ao principal altar da igreja. Acredita-se que esta igreja tem poderes curativos. O portão de ferro na frente da igreja tem muitas fitas amarradas nele.

Os edifícios coloridos, as igrejas incríveis e as ruas calcetadas valem bem uma visita a Pelourinho, a zona mais antiga da cidade. Ainda pode visitar o local onde funcionava o mercado de escravos. O Vulcão de São Miguel tem 2130 metros e pode ser escalado durante os meses em que não chove. O caminho para o vulcão começa numa antiga plantação de café e é feito pelas trilhas que os trabalhadores da plantação usavam. Salto El Cubo é uma cachoeira de 15 metros com fluxo de água durante todo o ano. O jardim botânico Plan de La Laguna está localizado no fundo de uma cratera vulcânica. O jardim tem trilhas de cimento e cascalho para caminhar e as plantas e árvores dão sombra aos visitantes.

O museu de história militar expõe espingardas, granadas, lança-chamas, metralhadoras, rádios e equipamentos de visão noturna, assim como caminhões, tanques e helicópteros. O museu também tem um mapa em relevo da cidade, medindo 34 por 19 metros e que destaca as estradas, vulcões, cidades e rios.

A vida noturna da cidade é uma combinação de lugares para dançar, boates, bares, restaurantes, cafés, música ao vivo, clubes e DJs. Todas as noites atuam mais de vinte bandas. A praia é o reflexo da animação noturna; há festas, comida com frutos do mar, quiosques e outros entretenimentos.

A Rua Gregório de Matos é um bom lugar para comprar lembranças. Há muitos shoppings que vendem os artigos locais e de outros lugares.

Social Media